quarta-feira, 16 de setembro de 2009

United breaks guitars

Vejam que história interessante (não sei se é absolutamente verdadeira, mas...): um músico profissional estadonidense viajou pela empresa aérea United Airlines nos EUA, tendo despachado seus instrumentos como bagagem. Na chegada, a empresa entregou a sua guitarra Taylor quebrada. Ele tentou de todo jeito ser indenizado, em cerca de US$ 2.000.00. Depois de várias tentativas frustradas e muita
enrolação, ficou no prejuízo e, injuriado, compôs uma música como protesto e
fez um clip debochado - "United breaks guitars" - e sapecou no YouTube. A música é
do estilo country, tem uma levada bem prá cima, descontraída e alegre. O clipe tá fazendo o maior sucesso com milhões de acessos. A companhia aérea United Airlines já apresentou a ele várias propostas para que tirasse o clip do ar, todas recusadas. Já chegou a oferta de US$ 200.000.00 e o filminho continua no ar. E ele disse que agora só com U$ 2.000.000.00 O cara foi esperto e deu o troco, sacaneando a United... Segundo ele, o tempo dos "espertos" da United passou. E o clip continua arrasando!
Veja o clipe legendado em

http://www.youtube.com/watch?v=t53LYUamBZI

A historinha acima não é apenas divertida. Ela nos dá pistas de novas configurações políticas que estão em curso. Refiro-me ao que o antropólogo Néstor Canclini pensou com relação ao consumo como força política. Outra coisa é o papel da cultura frente a essas forças tradicionais, tipo empresas, mega-corporações, etc. Uma canção no youtube pode valer milhões, e aí vai pelos ares toda a prepotência da megacorporação...

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget