quinta-feira, 29 de abril de 2010

Tom zé em um discurso anti-colonial

Ao assistir o documentário "fabricando Tom Zé" resolvi extrair essa parte, que vocês podem ver abaixo, e colocá-la no youtube. Vejo Tom Zé como uma das pessoas mais autênticas do atual circuito da música popular brasileira. Sei que "autêntica" é expressão por demais arestosa, mas qual palavra não trás em si um milhão de sentidos? Não é? Enfim... mas o papo não é esse. A questão é que em uma simples passagem de som para um show no festival de Montreaux, na Suíça (país cujo nome no meu "Dicionário de etimologias falsas" é a origem da palavra suicídio)o nosso querido Tom, se sentido desrespeitado por aqueles que deveriam estar ali para proprocioná-lo as melhores condições para a execução do seu trabalho, resolve produzir um discurso que revelou-se uma verdadeira peça anti-colonial da melhor qualidade. Divirtam-se e idignem-se.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget