sábado, 21 de novembro de 2009

Pesquisa do IBGE sobre participação das regiões no PIB

O quadro ao lado (apesar de minúsculo) faz parte de uma pesquisa que o IBGE está digulgando, sobre a participação da produção de cada região no PIB brasileiro. É sintomático o que a pesquisa revela no que diz respeito a uma tendência de decrescimento do sudeste e o cerescimento de outras regiões, principalmente a do Nordeste. A queda do sudeste não significa que esta região está produzindo menos, ou encolhendo, mas simplesmente que outras regiões estão com um ritmo de crescimentomais acelerado. Isto é, sem dúvida, uma ocorrência a ser comemorada, pois está patente através dos números do instituto, que há uma clara tendência para um nivelamento, ou pelo menos uma menor discrepância econômica entre as regiões do Brasil.
É sabido até pelo reino minieral o quanto este desnível economico foi prejudicial para o país. E se digo para o país, e não só para o norte e nordeste, é porque foi ruim para todos mesmo. Sabemos o quanto esse desnível é responsável pelo grande êxodo ocorrido do Norte-Nordeste para o sudeste brasileiro, e o quanto isso foi responsável por um quadro de degradação social nas grandes cidades dessa região.
É claro também, por outro lado, que o simples crescimento econômico por si não elimina os grandes problemas sociais, frutos da concentração de renda perversa que sempre esteve associada ao crescimentono Brasil. Mas, é preciso ver em outras pesquisas o quanto esse flagelo da concentração de renda está diminuindo no Brasil, ainda que num passo que a nós todos parece lento.
Quem se interessar pelos números da pesquisa na íntegra, é só acessar o link que segue abaixo:

http://www.ibge.gov.br/home/presidencia/noticias/noticia_visualiza.php?id_noticia=1497&id_pagina=1

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget