quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Como a Datafolha manipulará a próxima pesquisa

Por Antonio Martins

Perguntas tendenciosas embutidas na sondagem, para influenciar o entrevistado

O  jornalista Lauro Jardim, da revista Veja, publicou às 18h24 de ontem (17/9), em seu blog, algo que sugere clara tentativa de manipulação da próxima pesquisa eleitoral Datafolha — uma das últimas, antes do pleito de 3 de outubro.
O questionário apresentado aos entrevistados, conta Lauro, incluirá cinco perguntas que dão relevância à demissão da ministra Erenice Guerra e vinculam as acusações feitas a ela à candidata Dilma Roussef e ao presidente Lula. As questões embutidas são:

– Você tomou conhecimento da saída da ex-ministra-chefe da Casa Civil Erenice Guerra do governo? Se sim, está bem informado, mais ou menos ou mal informado sobre esse caso?
– A ex-ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, pediu demissão após as denúncias de que seu filho teria beneficiado empresas junto ao governo pedindo comissão. Você acredita que o filho de Erenice Guerra beneficiava as empresas junto ao governo pedindo comissão?
– E, na sua opinião, Erenice Guerra sabia ou não que seu filho beneficiava empresas junto ao governo pedindo comissão?
– E o presidente Lula sabia ou não que o filho Erenice Guerra beneficiava empresas junto ao governo pedindo comissão?
– E a candidata Dilma Rousseff, sabia ou não que o filho Erenice Guerra beneficiava empresas junto ao governo pedindo comissão?
O Datafolha tem o direito de pesquisar tudo. Mas misturar numa sondagem sobre intenção de voto questões que repercutem precisamente os temas de campanha de um candidato é manipulação primária.
É possível que o Datafolha alegue intenção de aferir a informação do eleitor sobre temas relevantes à disputa eleitoral. Nesse caso, poderia incluir, entre outras, cinco perguntas bastante objetivas:
1. “Você sabia que o candidato José Serra é apoiado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, embora esconda esta relação em seu programa”?
2. “Você sabia que a filha do candidato José Serra, Verônica Serra, dirigiu a ‘Decidir’, uma empresa que quebrou o sigilo fiscal de milhões de brasileiros, aproveitando-se de influências de seus sócios no governo de Fernando Henrique Cardoso?”
3. “Você sabia que o candidato José Serra foi ministro do Planejamento do governo Fernando Henrique Cardoso, durante o qual foram privatizadas a Vale do Rio Doce, a Telebrás, as siderúrgicas e muitas outras empresas?”
4. “Você sabia que José Serra manteve, quando governador, o preço dos pedágios de São Paulo cerca de dez vezes mais alto, por quilômetro rodado, que nas rodovias federais?”
5. “Você sabia que a bancada fiel aos governadores José Serra e Geraldo Alkmin bloqueou, na Assembléia Legislativa de São Paulo, a constituição de 69 CPIs, impedindo a investigação de denúncias sobre corrupção e tráfico de influências?”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget