sexta-feira, 27 de agosto de 2010

E agora José?? Ou réquiem para um tucano

Enquanto a oposição sem rumo tenta criar um fato novo que a tire do lamaçal em que se encontra, a campanha da Dilma marcha inexoravelmente para a vitória no primeiro turno. Tenho comparado a campanha dela com a do Fluminense, ou seja, tá lá nas cabeças. Bom, mas voltando a política, eu fiquei sabendo hoje que, entrevistado pela folha e pelo Jornal Nacional, o ministro (que não é flor que se cheire) Marco Aurélio Mello teria dito que "quebra de sigilo fiscal é golpe baixo", mas concluiu afirmando que "eles", se referindo a campanha da Dilma, "não precisam disso". Acontece que a Folha e o JN só usaram a primeira fala do ministro, tentando dessa maneira fazer parecer que há uma suspeita generalizada de que foi mesmo a campanha da Dilma que se utilizou da Receita Federal com fins eleitorais. Esse falso escândalo só reverbera nos blogs que vivem a soldo das fundações ligadas ao PSDB (como o do Reinaldo Azevedo) ou no PIG. Fora disso ninguém leva a sério.
Bom, mas para rir um pouco vale a pena ver essa montagem feita pelo blog "Cloaca News" intitulado "Réquiem para um tucano" com a canção "José" de Paulo Diniz sobre poema de Carlos Drummond. Vejam:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget