sábado, 5 de junho de 2010

Celso Amorim no Roda-Viva

 Segunda-feira, dia 07 de junho, o entrevistado do programa roda-viva, da TV Cultura e retransmitido pela TV Brasil, será o Celso Amorim, ministro das relações exteriores do governo Lula. Abaixo o texto de apresentação da entrevista.
Celso Amorim
Ministro das Relações Exteriores

Nações emergentes começaram a ganhar maior espaço nas discussões diplomáticas mundiais e o Brasil passou a ser um ator mais presente e atuante nesse novo cenário, inclusive como mediador de conflitos. A estabilidade econômica ajudou a colocar o país em evidência e dar maior visibilidade, participação e influência nas questões internacionais.

No mundo, a voz do Brasil passou a ter mais importância e o país ampliou as suas relações comerciais e políticas. O acordo nuclear assinado com Irã e Turquia deu um passo importante no sentido de evitar sanções ao país islâmico, mas que ainda corre o risco de acontecer já que os Estados Unidos não consideraram o acerto satisfatório.

O recente incidente em águas internacionais no Mar Mediterrâneo entre forças de Israel e a tripulação dos navios que levavam suprimentos para a Faixa de Gaza reabriu a discussão sobre os conflitos na região. As principais lideranças mundiais, incluindo o Brasil, deram as suas opiniões sobre o assunto num momento que surge um novo apelo para uma solução pacífica para o Oriente Médio.

Na América Latina, o Brasil firmou-se como líder e mediador de conflitos, mas o país aumentou a sua presença em todo o mundo. Desde 2002, o Brasil ampliou os postos espalhados nos continentes, entre embaixadas, representações, consulados e vice-consulados. De 150 postos em 2002 para 216 em 2010, com atenção especial para o continente africano, que recebeu 16 novas embaixadas, das 35 criadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget