terça-feira, 18 de maio de 2010

Lula, o Irã e os abutres de sempre

 O comentarista esportivo Milton Neves, da Rede Bandeirantes, deve ter levado uma "chamada" dos seus superiores na última segunda-feira. Isso porque fugindo de sua pauta - e pareceu que foi uma inciativa expontânea -, ele, mesmo afirmando que não votou em Lula pra presidente, se derramou em elogios ao presidente pelo grande feito nas negociações no Irã. Logo a seguir de seu inesperado rompante lulista, o âncora Ricardo Boechat, tratou de se esforçar para tentar minimizar o feito do presidente em terras árabes. Aliás, este esforço foi comungado por grande parte da nossa mídia. Só não foi possível ir mais além porque os meios de comunicações internacionais não subservientes aos Estados Unidos, estavam indo, em certa medida, em outra direção. Notório é que os EUA, na figura pricipalmente de Hillary Clinton, continuam arrogantes como sempre foram.
 O feito do presidente Lula inspirou o jornalista e articulista da revista "Caros Amigos", Georges Bourdoukan, a escrever o que vai abaixo:

O MUNDO TEM UM LÍDER !!
O nome dele é Lula e a humanidade agradece. Mas todo cuidado é pouco. Israel e Estados Unidos farão de tudo para melar o acordo assinado. Com apoio da mídia. Israel e Estados Unidos precisam de inimigos. E quando não os há, eles os inventam. A História é cheia de exemplos.  Eles precisam da violência para sobreviver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget