domingo, 28 de fevereiro de 2010

Diferença entre Dilma e Serra cai para quatro pontos percentuais, diz Datafolha

  Uma nova pesquisa Datafolha mostra que a distância entre a ministra Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à Presidência, e o governador de São Paulo, José Serra (PSDB), caiu de 14 para apenas quatro pontos percentuais desde dezembro. e mais: a mesma pesquisa aponta que a aprovação ao governo Lula situa-se em torno de 73%. Se somarmos a estes, mais 20% dos que acham regular temos um total de 93%.
Tenho dito aos meus amigos em tom de brincadeira, que se a marcha dos números continuar nessa batida a Dilma vence no primeiro turno. Isso se houver candidato de oposição...
  Na última pesquisa do mesmo instituto Dilma estava com 5% a menos e Serra com 5% a mais. Parece que na medida em que os eleitores menos politizados (o grosso dos eleitores) vão identificado Dilma como a candidata do Lula, os votos vão sendo transferidos "naturalmente".
 Com a vitória do candidato da direita no Chile, onde a presidente Michelet tem uma aprovação muito boa, a imprensa local (PIG), começou a levantar a tese de que mesmo com uma aprovação positiva, Lula poderia não conseguir transferir os votos para sua candidata. Bom, no andar da carruagem, parece que é mais uma tese do PIG (Partido da Imprensa Golpista) que naufraga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget